Quantos Pix posso fazer por dia?

Quantos Pix posso fazer por dia? Tem limite? Não há um número máximo de Pix a ser feito em um dia. Você pode fazer quantas transferências pelo Pix que quiser e de qualquer valor, contanto que respeite o limite de operação de sua conta corrente ou poupança.

Em abril de 2021, o Banco Central proibiu que as instituições financeiras que dispõe do Pix limitem o número de transferências.

O limite de Pix por instituição: Como funciona?

Entretanto, há bancos e/ou fintechs financeiras que possuem limite de movimentação por Pix ou movimentação financeira. É o que ocorre, por exemplo, com o Caixa TEM que possui limite de PIX de R $600,00 ou o total de R $1.200,00 por dia. Isto é, você pode fazer até duas transações Pix de R $600,00 cada diariamente ou diversas transferências instantâneas de valores que não ultrapassem o limite diário de R$1.200,00.

Esse limite não pode ser menor ao que é praticado em TED, DOC e nem em cartões de débito para pagamentos com QR Code.

Como utilizar o Pix para fazer transações financeiras

O Pix é um novo sistema de pagamentos que facilitou bastante o pagamento a partir de transferências bancárias.

Isso porque, é menos burocrático do que o DOC e TED, não possui taxa e cai no mesmo instante, podendo ser feito em qualquer dia da semana, incluindo finais de semana e feriado, e a qualquer hora.

O diferencial desta nova modalidade de pagamento é permitir fazer pagamentos sem que haja a necessidade de usar dinheiro em espécie ou cartão de crédito e débito e também dispensa a necessidade de usar maquininha de cartão.

Você precisa ter apenas um celular com internet, já que para mandar um pagamento por Pix, é necessário somente ter o serviço habilitado no aplicativo da instituição financeira que você utiliza. Há três formas de usar o meio instantâneo de pagamentos. São elas:

  1. Chaves Pix: o usuário informa a chave da pessoa que vai receber o dinheiro, que pode ser o CPF, telefone, e-mail ou chave aleatória;
  2. QR Code: quem realiza o pagamento precisa somente ler o QR Code gerado pelo recebedor ou estabelecimento;
  3. Dados pessoais: por esta modalidade, informa-se os dados bancários, CPF, nome completo, número da conta e agência.

Como cadastrar a chave Pix

O cadastro da chave é o primeiro passo para começar a fazer transações de forma simplificada. Este cadastro deve ser feito a partir do aplicativo de seu banco ou fintech financeira.

Acesse a opção “Pix” e cadastre a opção que deseja usar. É possível escolher o CPF, email, telefone ou chave aleatória.

Cada chave pode ser usada somente em uma conta. Assim, é interessante que, se caso você use mais de uma conta, cadastre uma chave em cada uma delas.

As chaves vão estar diretamente ligadas à conta bancária de cada cliente.

Vantagens de usar o Pix

Agora que já falamos de como usar o meio eletrônico e instantâneo de pagamentos, veja um resumo das principais vantagem desse serviço:

  • Maior agilidade em transações financeiras;
  • Dinheiro cai no mesmo instante na conta do recebedor;
  • É possível enviar a partir de R$ 0,01;
  • É possível usar a qualquer hora e dia da semana;
  • Não há custos, como ocorre com o TED e DOC;
  • Não há limites para transferências;
  • Dispensa o uso de dinheiro, cartões de crédito/ débito e até mesmo maquininhas;
  • Pode ser usado também para pagar estabelecimentos;
  • Se não quiser expor seus dados (CPF, telefone e e-mail), basta usar a chave aleatória.

Agora que você já sabe que a resposta para “Quantos Pix posso fazer por diaé ilimitada, mas é preciso verificar se a instituição financeira que você utiliza impõe algum tipo de limite, seja diário ou mensal.