Parcelei a fatura do cartão de crédito posso parcelar novamente?

Parcelei a fatura do cartão de crédito posso parcelar novamente? Pode sim, mas depende muito do banco, pois há bancos que não aceitam duas parcelas vigentes.

Além disso, você precisa tomar alguns cuidados para não acabar em uma bola de neve. Sendo assim, resolvi listar aqui algumas dicas importantes e o que você deve levar em conta antes de tomar essa decisão. Vamos conferir?

Parcelei a fatura do cartão de crédito posso parcelar novamente? Conheça as regras!

parcelei a fatura do cartão de crédito posso parcelar novamente

Se você já parcelou a fatura do cartão de crédito no mês anterior, mas sabe que não conseguirá pagar o valor total desse mês e que parcelar novamente, precisa conhecer como funciona para não se arrepender.

Em um parcelamento de fatura, o valor total é dividido em quantas parcelas forem necessárias. A cada parcela é acrescentado uma taxa de juros equivalente. Sendo assim, quanto mais você estender essa dívida com várias parcelas, mais cara ela ficará. Também é cobrado IOF sobre o parcelamento mês a mês.

Alguns bancos podem até oferecer parcelamento automático após o uso do rotativo. Mas essa opção deve, primeiramente, constar no contrato do cartão.

Quando parcela a fatura do cartão, o limite volta?

Não. O limite total não voltará até que as parcelas sejam quitadas. Funciona igual a um parcelamento de compra. Enquanto você não quitar todas as parcelas, não terá o seu limite de volta.

Vale ressaltar que seu cartão não será bloqueado ao parcelar a fatura, desde que faça isso antes do prazo de vencimento estabelecido. Você poderá continuar utilizando normalmente. O cartão somente será bloqueado se você não realizar o pagamento.

Leia também: Como parcelar a dívida total do cartão de crédito

Afinal, é melhor pagar o mínimo do cartão ou parcelar a fatura?

Para não ficar com o nome negativado, a saída é parcelar a fatura ou pagar o limite mínimo. Mas qual é melhor? A princípio, essas duas opções podem parecer iguais, mas não são, veja!

O cartão de crédito é uma praticidade enorme para os brasileiros, mas o rotativo é a linha de crédito mais perigosa que existe. Quando pagamos o limite mínimo, que geralmente vem especificado na folha da fatura, realizamos uma espécie de empréstimo das operadoras de banco.

Dessa forma, a cobrança de juros do pagamento mínimo é altíssima. Enquanto no parcelamento, você tem parcelas fixas ao mês, no pagamento mínimo o valor no próximo mês é variável.

Só para você ter uma ideia, em março o valor do rotativo subiu para 296,1% ao ano, de acordo com uma matéria do Valor Investe. Por outro lado, a taxa de juros de parcelamento de fatura subiu para 186,5%.

Então, dá para perceber que a opção mais recomendada continua sendo o parcelamento total da fatura. Portanto, fuja o máximo que puder do pagamento mínimo! 😉

Leia também: 5 opções de cartão de crédito com limite para negativado

3 Cuidados necessários ao parcelar fatura de cartão

1. Cuidado em dobro com gastos excessivos

Se você pretende parcelar a fatura novamente, faça um cálculo sempre que pensar em gastar no cartão de crédito. Lembre-se que você terá que pagar a parcela do parcelamento anterior + a parcela atual + gastos com o cartão.

O ideal é não voltar a utilizar o cartão de crédito até que as dívidas sejam regularizadas. Isso te ajudará a controlar melhor tuas finanças. Mas caso precise utilizar, faça o cálculo para certificar do valor que irá pagar.

2. Considere realizar um empréstimo

Como mencionei anteriormente, o valor dos juros aumenta de acordo com o valor total da fatura. Se você tem uma fatura de valor alto, compensa mais realiza rum empréstimo. Se possível, aproveite os benefícios do empréstimo consignado, que é uma modalidade de empréstimo descontado na própria folha de pagamento ou benefício.

As taxas do empréstimo pessoal são baixas, mas do consignado são menores ainda. Então, valerá mais a pena fazer esse processo ao invés de parcelar a fatura. Você irá economizar e ainda quitar a dívida à vista. 😉

3. Tente negociar diretamente no banco

Hoje em dia tudo está automático e você pode requisitar o parcelamento diretamente por meio de um aplicativo do cartão. É tudo mais rápido, prático e automático.

No entanto, se você está em busca de economia, vale a pena conversar com um agente bancário. Caso seu histórico de pagamento seja razoável, é possível conseguir descontos no parcelamento total.

O especialista poderá te ajudar a calcular as taxas e indicar a quantia de parcelas ideal para o seu caso.

Parcelei a fatura do cartão de crédito posso parcelar novamente? Agora você já sabe como proceder e quais os cuidados tomar. 😉

O parcelamento da fatura pode ajudar a manter o orçamento sob controle e auxiliar na quitação da dívida. Como você pôde perceber, é uma opção muito mais vantajosa do que o rotativo. O que achou dessas informações?

Espero muito ter ajudado a organizar melhor tuas finanças. Compartilhe as dicas!