Cheque devolvido motivo 31: O que significa? O que fazer?

Cheque devolvido motivo 31 significa cheque com alguma irregularidade. Geralmente que não apresenta data de emissão, o mês não está grafado numericamente, há ausência de assinatura ou o registro do valor não está registrado por extenso.

Separei algumas informações muito importantes que vão te ajudar a compreender melhor essa situação. Confira a seguir!

Cheque devolvido motivo 31: saiba como proceder!

Cheque devolvido motivo 31

Não é somente a falta de fundos que acarreta a devolução do cheque. Há muitas razões e algumas podem acontecer justamente na hora de preencher a folha. Erros de preenchimento e outras irregularidades podem resultar a devolução motivo 31.

De modo geral, significa que algo não foi preenchido corretamente ou alguma informação está faltando. Por isso, é fundamental que haja uma revisão na folha antes de liberar para circulação.

Caso haja alguma irregularidade, o ideal é inutilizar a folha e começar tudo de novo. Caso seja falta de data ou letra, é possível reutilizar a folha.

Leia também: Cheque devolvido por divergência ou insuficiência de assinatura

Cheque com erro formal pode ser reapresentado?

Nesse caso, depende muito do tipo de irregularidade. Caso seja por conta da data errada, mês ou falta de assinatura, o cheque pode sim ser reapresentado normalmente, dentro do prazo de até 30 dias.

O problema acontece quando há má fé do recebedor. Pode ser que nesse tempo de reapresentação, você já tenha efetuado o pagamento, mas ainda assim o recebedor registra a dívida.

Caso isso aconteça, o cheque pode ser devolvido como sem fundo ou qualquer outro motivo de devolução.

Sendo assim, o favorecido do cheque fica responsável pela retirada e regularização do documento junto ao emitente. Se o valor do cheque foi regularizado e ele reapresentado, cabe à Instituição Financeira devolvê-lo.

Qual é o prazo para reapresentação?

Por conta de ser um motivo simples de resolver, o prazo é de até 2 dias após a devolução. Isso se o cheque foi depositado no mesmo município da devolução. Caso seja em outro município, o prazo sobe para 7 dias úteis.

É possível ocorrer a negativação por motivo 31?

Esse é um dos motivos de devolução mais comum e mais fácil de resolver. No entanto, pode ocorrer esquecimento de reapresentação e o que acontece nesse intervalo? É possível que haja uma negativação?

A resposta é não. Apenas os motivos 12 (insuficiência de fundos 2º apresentação), 13 (conta encerrada) e 14 (prática espúria) podem levar o nome do emitente ao CCF (Cadastro de Emitentes de Cheque Sem Fundo).

Leia também: Cheque sem fundo 1º apresentação – como proceder

6 dicas para preencher o cheque corretamente

1.  Campo de valor superior

Neste campo, que fica situado no canto superior direito, há regras bem específicas. É essencial colocar os símbolos de jogo da velha antes e depois do valor total.

Essa prática ajudará a evitar roubos ou alterações fraudulentas. Por outro lado, se sobrar um espaço depois do valor, qualquer pessoa pode acrescentar um 0 e te roubar.

Por isso também é super importante que você frise muito bem os pontos e vírgulas existentes no valor.

2.  Campo de valor inferior

Este é o segundo campo a ser preenchido e deve constar o valor total do cheque por extenso. Aqui vale também uma regra para evitar fraudes. Coloque o valor escrito entre parênteses para que ninguém modifique o que você escreveu.

Por fim, passe um travessão no espaço restante que sobrou para que ninguém adicione itens.

3. Dados do recebedor

A próxima lacuna diz respeito ao recebedor. Aqui vale a mesma regra do campo anterior. Sendo assim, sempre trace uma linha no espaço restante para evitar a adição de pessoas que possam trazer problemas futuros.

4. Local e data de emissão

É aqui que ocorrem muitas divergências de informação. O cheque deve ser datado no dia exato da transação para que se torne válido.

5. Assinatura legível

Por fim, a assinatura deve ser apresentada exatamente como foi registrada em firma e idêntica a do seu RG. Dessa forma, não abre espaço para rasuras, caso a folha seja roubada, por exemplo.

6. Sempre que possível, cruze o cheque

Para deixar sua folha de cheque preenchida ainda mais segura, faça dois traços paralelos no canto superior esquerdo. O cheque cruzado significa que o cheque não pode ser sacado. Isso ajuda a romper o processo de furto, já que nenhum banco aceitará saques com aquela folha.

Agora você já sabe como proceder caso receba um cheque devolvido motivo 31. Espero muito ter ajudado a solucionar sua dúvida. Compartilhe as dicas!